Pence anuncia vitória de Biden depois que o Congresso conclui a contagem eleitoral

Pence anuncia vitória de Biden depois que o Congresso conclui a contagem eleitoral


Siga as atualizações de quinta-feira aqui.

Washington —O vice-presidente Mike Pence anunciou pouco depois das 3h40 da quinta-feira que o presidente eleito Joe Biden ganhou a presidência depois que o Congresso concluiu a contagem dos votos do Colégio Eleitoral. O que foi visto como uma última etapa superficial antes da posse de Biden se transformou em um dia de caos depois que uma multidão furiosa de manifestantes invadiu o Capitólio dos EUA em um esforço para interromper o processo.

O Congresso teve que recuar por quase seis horas depois que a multidão enfurecida de partidários do presidente Trump invadiu o Capitólio dos EUA, deixando quatro pessoas mortas na confusão e fazendo com que membros do Congresso fugissem do plenário durante o que o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, havia anteriormente rotulado de "mais voto importante que já dei. "

Na quarta-feira anterior, o presidente Trump encorajou seus partidários a "caminharem" para o Capitólio dos EUA enquanto o Congresso contava os votos do Colégio Eleitoral, a etapa final em grande parte cerimonial confirmando a vitória do presidente eleito Joe Biden. Embora Trump recentemente tenha insistido que o vice-presidente Mike Pence tinha autoridade para anular os resultados da eleição, Pence desafiou Trump na quarta-feira e emitiu um longo comunicado dizendo que não poderia mudar o resultado.

O caos estourou no Capitólio dos EUA algumas horas depois, quando uma multidão furiosa de manifestantes – muitos agitando bandeiras Trump ou carregando equipamentos Trump – invadiram o prédio.

A polícia do metrô de D.C. disse que uma mulher foi baleada e morta pela polícia e três pessoas morreram em emergências médicas. Mais de 52 pessoas foram presas, com 47 delas por violações do toque de recolher.

Biden fez um discurso em Delaware denunciando a violência e pediu a Trump que se dirigisse à nação. O Sr. Trump então postou um vídeo de um minuto no Twitter, dizendo aos manifestantes que eles são "especiais", mas que "precisam ir para casa agora".

O Congresso voltou a se reunir quase seis horas depois, após deixar o plenário, retomando de onde havia parado ao ouvir a objeção do senador Ted Cruz e do congressista Paul Gosar aos resultados eleitorais do Arizona. O Senado rejeitou a objeção 93-6, e a Câmara rejeitou 303-121.

Apesar dos telefonemas de mais de uma dúzia de senadores que disseram que apoiariam objeções aos resultados eleitorais em estados importantes, nenhum senador assinou as objeções dos membros da Câmara aos resultados em Michigan e Nevada.

Mas o senador Josh Hawley cumpriu sua promessa de contestar os resultados da Pensilvânia. O Senado o rejeitou por 92-7, deixando a Câmara para debatê-lo por duas horas antes de ser rejeitado após as 3 da manhã.

Visto que nenhuma dessas objeções tem maioria, elas não tiveram chance de sucesso. Mesmo que houvesse maioria em qualquer das objeções, isso não mudaria o resultado da eleição. O Sr. Biden fará o juramento em 20 de janeiro.

Deixe uma resposta